" Vous avez reçu gratuitement, donnez gratuitement " (Matthieu 10:8)

ACCEUIL  |  CARTE DU SITE  |  CONTACT  |  AIDE    
Etudes Bibliques Livres Chrétiens
gratuits
E-Livres Chrétiens
gratuits
Nous Concernant
 



 Messages de Partenaires

 

Você está confiando na carne ou no Espírito?
Vanilco    [email]    ( Brazil ) 2008-07-24     Views : 1719     Touched : 159
Resta, irmãos meus, que vos regozijeis no Senhor. Não me aborreço de escrever-vos as mesmas coisas, e é segurança para vós. Guardai-vos dos cães, guardai-vos dos maus obreiros, guardai-vos da circuncisão; Porque a circuncisão somos nós, que servimos a Deus em espírito, e nos gloriamos em Jesus Cristo, e não confiamos na carne.(Filipenses 3:1-3)



Aqui está dito que não devemos confiar na carne, mas o que verdadeiramente é não confiar na carne? Há aqueles que dizem que não confiar na carne é não ceder ao desejo de prostituir, de roubar, de adulterar, de odiar, de matar, de fornicar etc... Mas verdadeiramente será isto? Será que não confiar na carne é se esforçar para guardar e cumprir tudo o que está escrito na Lei? Em outras palavras será que é se esforçar para não cometer pecado? Sabemos que a Lei do Senhor é perfeita e revela a santidade de Deus como também a sua justiça e seu juízo, mas será o homem capaz de guardar e cumprir todas as coisas que estão escritas na Lei? Afinal o que significa não confiar na carne? Não confiar na carne é não confiar em seus próprios esforços acreditando que fazendo tudo o que está escrito na Lei se salvará e será justificado por Deus. Devemos fazer o que está escrito na Lei? Sim devemos. Anulamos, pois, a lei pela fé? De maneira nenhuma, antes estabelecemos a lei.(Romanos 3:31). Devemos acreditar que fazendo tudo o que ela (a Lei) nos ordena seremos salvos e justificados? A resposta é um enfático não! Por isso nenhuma carne será justificada diante dele pelas obras da lei, porque pela lei vem o conhecimento do pecado.(Romanos 3:20)



Então não confiar na carne é não tentarmos nos justificar por meio das obras da Lei, mas acreditando no sacrifício que Cristo fez em nosso favor recebendo nossos pecados através do batismo que recebeu de João Batista e pagando por todos eles (nossos pecados) derramando seu sangue na cruz do Calvário. Acreditando nisto estamos então de acordo com o Espírito, em outras palavras estamos andando no Espírito. Mas o que vemos hoje em dia é muitas pessoas confiando na carne, ou seja, nos seus próprios esforços para se manter santo e justificado simplesmente tentando cumprir a Lei, mas quem afinal já conseguiu esta façanha? Muitos hoje se gloriam em seus esforços e se acham pessoas santas e justas, mas quando cometem uma pequena transgressão no que elas acreditam (na Lei), então ficam tristes, e se dizem arrependidas, choram e pedem perdão ao Senhor todas as vezes que a transgridem. Fazendo isto estas pessoas acham que estão sendo justificadas e santificadas. Mas se isto fosse verdade elas não cometeriam o mesmo pecado outra vez. Um exemplo bem claro disto é a mentira. Quem nunca mentiu? Quem disser que nunca mentiu ou que parou de mentir acaba de dizer outra grande mentira. Imagina você no seu trabalho, então liga alguém para seu chefe e seu chefe diz que não quer atendê-lo e diz pra você dizer que ele não está. O que você faria? Com toda certeza mentiria não é verdade? Mas então você poderia me dizer, mas isto é uma mentirinha tão pequena e se não mentir perderei meu emprego. Mas eu te respondo, mesmo assim continua sendo uma mentira, uma coisa abominável a Deus e conseqüentemente um pecado que deve ser pago com a morte segundo a Lei (Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor. Romanos 6:23). Então fica bem claro que todos nós somos transgressores da Lei todos os dias de nossas vidas e que nossas orações de arrependimento nada resolvem, pois assim que arrependemos logo pecamos novamente, pois a Lei revela o pecado em nós e o pecado em nós gera morte. Então podemos concluir que uma pessoa que não crê que o Senhor Jesus a purificou de uma vez por todas de seus pecados original, do passado, do presente e completamente os do futuro enfim os pecados do mundo, e simplesmente se apóia nas orações de arrependimento para se justificar, estão na verdade é pisando no Sangue de Jesus e desprezando o batismo que Ele recebeu de João. Em outras palavras estão confiando na carne. Porque é impossível que os que já uma vez foram iluminados, e provaram o dom celestial, e se tornaram participantes do Espírito Santo. E provaram a boa palavra de Deus, e as virtudes do século futuro, E recaíram, sejam outra vez renovados para arrependimento; pois assim, quanto a eles, de novo crucificam o Filho de Deus, e o expõem ao vitupério.



Sendo assim fica bem claro que os que se gloriam e se esforçam para cumprir a Lei e vivem em orações de arrependimento, sempre estão pedindo para Jesus vir a este mundo outra vez e receber seus pecados sendo batizado outra vez por João Batista e morrendo outra vez na cruz. Em outras palavras estão pedindo para Jesus passar por todos aquele sofrimentos outra vez. Isto porque não crê que o sacrifício que Cristo fez é eterno e onde há remissão já não existe mais oferta pelo pecado. Porque com uma só oblação aperfeiçoou para sempre os que são santificados. E também o Espírito Santo no-lo testifica, porque depois de haver dito: Esta é a aliança que farei com eles Depois daqueles dias, diz o Senhor: Porei as minhas leis em seus corações, E as escreverei em seus entendimentos; acrescenta: E jamais me lembrarei de seus pecados e de suas iniqüidades. Ora, onde há remissão destes, não há mais oblação pelo pecado.(Hebreus 10:14-18). Então quem crê de forma diferente está pisando no sangue e desprezando o batismo de Jesus. Colocando de outra forma estão na verdade é confiando na carne e tornando uma pessoa blasfema.



Para se entender tudo isto é necessário entender o papel da Lei e o papel da Graça encontrada no Evangelho da Água e do Espírito. Para isto vejamos um exemplo:



Um grupamento de corpo de bombeiros recebeu um chamado que dizia que alguém estava se afogando em alto mar. Então o corpo de bombeiros pega seus equipamentos e vai ao resgate. Chegando no local, logo avista a pessoa lutando para não se afogar. Então eles pegam uma corda contendo uma grande cesta em sua ponta. Então a jogam próximo à pessoa que está se afogando e pedem para esta pessoa entrar na cesta que eles irão levá-lo à terra firme. Mas a pessoa se agarra na corda e diz pode puxar que eu agüento me tirem logo daqui, mas não entra na cesta confiando que pode suportar o percurso até chegar onde estará seguro simplesmente segurando firme na corda. Então o corpo de bombeiro começa a puxar esta pessoa agarrada a corda, mas no decorrer do percurso esta pessoa se cansa e não agüenta se esforçar mais para segurar a corda, então ela cai novamente em alto mar e começa a se afogar outra vez. Então os bombeiros pedem para a pessoa entrar na cesta que está no final da corda e assim a pessoa consegue chegar em terra firme sem fazer esforço algum, somente confiando que a cesta é segura.



Agora colocando a corda para simbolizar a Lei e a cesta no final da corda simbolizando a Graça (o Evangelho da Água e do Espírito) podemos perceber que é preferível confiar na Graça e não a Lei e que os que andam segundo a Lei estão na verdade confiando em sua carne, mas os que confiam no Evangelho da Água e do Espírito estão na verdade confiando no Espírito e estão andando Nele. Confiando na Graça (no Evangelho da Água e do Espírito) a pessoa está andando em Espírito. Em outras palavras está confiando no Espírito. Então os que andam e confiam no Espírito estão sempre renovando suas forças depois que percebem suas fraquezas e dão sempre glória ao Senhor tendo um coração grato a Deus pela remissão de seus pecados.



É meu mais íntimo desejo e oração que todos os que lerem esta mensagem venham reconhecer sua verdadeira condição espiritual e perceber se está andando ou confiando no Espírito que vivifica e renova as forças ou na carne que mata e mostra o quanto somos fracos e insuficientes. Assim como o Rei Davi confiou no Senhor e em seu sacrifício mesmo antes dele ser realizado e assim foi tido como um homem segundo o coração de Deus, é meu mais profundo desejo que possamos confiar no Senhor e não em nossa carne (nossos esforços) e sermos também pessoas segundo o coração de Deus. Pois assim como Davi dizia: Os que confiam no SENHOR serão como o monte de Sião, que não se abala, mas permanece para sempre.(Salmos 125:1). Este é meu desejo e também desejo do Senhor para todos os homens, que confiemos no Senhor e não em nossa carne, para assim termos nossas forças renovadas assim como disse Isaias: Mas os que esperam no SENHOR renovarão as forças, subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão; caminharão, e não se fatigarão.(Isaías 40:31).



Um enorme e fraternal abraço a todos que leram esta mensagem até aqui. Espero que sejam edificados por esta mensagem e que venham sempre buscar a verdade na palavra de Deus, pois esta é a vontade de Deus que todos se salvem crendo na remissão de pecados realizada por Cristo através de seu batismo realizado por João e pelo Seu Sangue derramado na Cruz. Confiem no Senhor e em Seu sacrifício e assim estarão andando e confiando no Espírito.



Graça e Paz!



Vanilco Antonio da Silva

Cooperador da Missão Nova Vida

Ministério de distribuição de livros gratuitos
http://www.nlmbookcafe.com/blog/vanilco

 

 
Free Christian Books
    Liste des Livres Imprimés
    A propos du service de livres gratuits
    Comment demander les livres gratuits
    FAQ
 

   
Copyright © 2001 - 2018 The New Life Mission. ALL RIGHTS reserved.